Câmara solicita Carreta da Catarata

20210922 cidade acessível 3Encontro no Palácio dos Bandeirantes serviu para apresentar outras demandas importantes para a cidade

 

Vereadores estiveram em São Paulo nesta terça-feira (21 de setembro) para solicitar a vinda para Hortolândia de uma Carreta da Catarata, visando zerar a fila de transplantes que aumentou muito devido ao cancelamento das cirurgias por causa da pandemia do Coronavírus. A conversa foi feita com o subsecretário de Articulação Política da Casa Civil, Roger Willians, e com o Assessor Parlamentar da Pasta da Saúde, Thiago Guimarães.

O encontro aconteceu na sala 9 de Julho no Palácio dos Bandeirantes e os vereadores passaram aos representantes do Governo a atual situação da população da cidade. Mais de mil pessoas aguardam na fila para o transplante que foi completamente suspenso por causa da pandemia, o que vem causando danos irreparáveis a muitos deles. “Mais de mil pessoas estão beirando a cegueira por falta de cirurgia, muitos não tiveram condições de pagar no particular e alguns chegaram a ficar cegos. Por isso viemos pedir em nome da Câmara e da nossa população o convênio para levar a Carreta da Catarata e zerar essa fila”, comentou o presidente da Câmara, Paulo Pereira Filho, o Paulão (PL).

O subsecretário de Articulação Política, Roger Willians, explicou que agora que os números de infectados e mortes por Covid-19 começaram a baixar, o Governo do Estado está articulando retomar ações mais específicas na área da saúde. A primeira etapa é zerar as filas das consultas que se acumularam nesse mais de um ano e meio de pandemia. “O Programa Corujão da Saúde terá convênios com hospitais e clínicas particulares por todo o Estado visando zerar as filas das consultas. Em seguida daremos seguimentos aos exames, resultados dessas consultas e seguiremos as cirurgias consideradas eletivas”.

Thiago Guimarães, representando a pasta da Saúde, passou aos vereadores que o projeto Corujão da Saúde começará atendendo a área de oncologia, devido à complexidade e necessidade de diagnóstico precoce. “Ainda não temos uma data prevista para atender outras doenças, mas assim que estruturarmos a parte oncológica seguiremos para as demais especialidades”.

Ele sugeriu aos vereadores que articulassem com a Diretoria Regional de Saúde, que atende Hortolândia, para fazer um levantamento de todas as pessoas atendidas por essa diretoria que necessitam de transplantes, o que poderia agilizar o processo, devido à demanda.

Viaduto Nova Europa

Outro assunto de destaque falado no encontro foi sobre a construção do Viaduto do Nova Europa, ligando aquela região à cidade de Sumaré, facilitando o escoamento da produção das empresas instaladas em Hortolândia. O vice-governador Rodrigo Garcia esteve na última semana na cidade anunciando a obra tão esperada, que vai beneficiar muito Hortolândia. O pedido feito pelo vereador Enoque Leal Moura (MDB) trata da inclusão de uma alça de acesso, como no projeto original do DER (Departamento de Estradas e Rodagem) elaborado em 2009. Essa alça seria construída em Sumaré, próximo à empresa PPG. “A área já está desapropriada pela prefeitura de Sumaré, que trabalhou em conjunto com a empresa para viabilizar o processo”, explicou.

O vereador relatou, a Roger Willians, que atualmente a saída da estrada que leva ao Bairro Matão tem um atalho, construído pela própria prefeitura de Sumaré, visando facilitar o acesso ao bairro, mas que ele não é seguro e com o aumento de fluxo de veículos pode trazer vários transtornos. “Aquele acesso foi necessário para facilitar a entrada no bairro, mas a alça original prevista no projeto é o que nos interessa. Somaremos esforços com a prefeitura de Sumaré para pedir a inclusão desta alça no atual projeto ou em um projeto futuro”, elencou Enoque.

Outras demandas

Outras demandas também foram passadas pelos vereadores presentes. O vereador Edivaldo Souza Araújo (PSD) conversou sobre a possibilidade do Estado usar uma área de 43 mil metros quadrados no bairro Chácaras Recreio Alvorada para realização de um programa habitacional visando atender famílias removidas de áreas de risco que não foram contempladas com a regularização.

Já o vereador Clodoaldo Santos da Silva (MDB) falou sobre a possibilidade de inclusão da construção do trecho de ligação entre a Avenida Olívio Franceschini, em Hortolândia, com a Avenida Rebouças, em Sumaré, finalizando o trecho de ligação do Corredor Metropolitano Vereador Biléo Soares, pois facilitaria muito o acesso entre as duas cidades.

O vereador Dionatan Domingues (PSDB) reforçou a necessidade de implantação do Programa Meu Pet, que trata da construção de clínicas veterinárias com atendimento gratuito, e do Programa Vida Longa, que prevê a construção de empreendimentos especialmente projetados para atender às necessidades habitacionais de idosos que vivem sozinhos em situação de vulnerabilidade social.

Ainda no encontro estiveram presentes os vereadores Aldemir Clemente (Podemos), Aparecido Antonio Meira, o Meirinha (Solidariedade), e Derli de Jesus Athanázio Bueno (MDB), além do secretário de Habitação, Rogério Mion.

RUA JOSEPH PAUL JULIEN BURLANDY, 250 - PQ. GABRIEL - HORTOLÂNDIA/SP - CEP 13186-620 - TEL(19) 3897-9900

Horário de Atendimento ao Munícipe - De segunda a sexta-feira das 08:00 às 17:00 horas